28 de setembro de 2008

Bifum alho e óleo com calabresa


Este macarrão é bem prático, rápido e saboroso, é só juntar os ingredientes do tempero numa panela e fritar por alguns minutinhos e já estava com um macarrão pronto para ser degustado. A massa por ser de arroz é bem leve e de fácil digestão, há várias maneiras de preparar e de temperar este tipo de massa, no meu caso gosto de massas com pouco tempero, um cheirinho de alho e bacon me atrai bastante, desta vez troquei o bacon por linguiça calabresa cozida e defumada.

Bifum alho e óleo com calabresa

Ingredientes:

100 grs de Bifum
2 dentes de alho bem amassados
1 Linguiça tipo calabresa cozida e defumada
1 colher (sopa) de manteiga
1 fio de azeite
Sal a gosto
Glutamato monossódico a gosto


Aqueça numa panela o óleo e a manteiga, frite o alho até dourar. Em seguida junte a calabresa picada em cubos pequenos, tempere com sal e o glutamato misturando todos os ingredientes. Reserve.

Hidrate o Bifum conforme as instruções da embalagem. No momento em que a água começou a levantar fervura acrescentei uma pitada de sal e um fio de óleo por minha conta, algo que faço sempre no preparo de massas, o resultado é um macarrão mais solto.

Em seguida acrescentei o macarrão (bem escorrido) ao refogado e retornei ao fogo rapidamente, com cuidado para não quebrar o macarrão, envolvendo delicadamente todos os ingredientes do tempero. E pronto, um macarrão pra lá de rápido.




A g r a d e c e n d o !


Aproveito para gradecer as indicações ao prêmio Dardos, as queridas amigas Claúdia do blog "Doces encontros e a Rose do blog "Devore-me". Fiquei muito feliz com esta lembrança ao "Coisas Simples". Mais uma vez obrigada queridas!

27 de setembro de 2008

Idas a Liberdade...

Não têm como ir ao Bairro da liberdade e não trazer nas compras estes delicados e graciosos biscoitinhos japonês, koalas Lotte, são crocantes e recheados. Os sabores que sou acostumada a comprar, chocolate ao leite, mel e morango. Um dos mais populares biscoitos doces consumidos no Japão.

21 de setembro de 2008

Bolo de ameixa


Ontem na companhia de mais um dia frio e com chuva, fui preparar um bolo de ameixa, dias como estes me inspiram ir para a cozinha, não que os outros dias não tenha tido inspirações, mas os causadores de não me deixarem cozinhar a não ser o trivial, são os meus queridos livros, minhas lindas apostilas e finais de semanas presos a eles e a reuniões com colegas da faculdade. Não quero ser repetitiva em relação aos estudos, mas não têm jeito. A minha dedicação a cozinha e aos afazeres de casa são só nos finais de semana, tento dividir este pouco espaço de tempo para fazer tudo, e nos demais dias fica difícil dedicar-me com o horário que costumo sair para trabalhar e retornar a minha casa, procuro sempre o que é mais prático e rápido. Estou no início de um projeto de conclusão do curso de administração, e no final do ano que vêm se Deus quiser estarei concluindo, até lá têm chão, mais é algo que já me faz perder o sono.


Este bolo é do tipo bem molhadinho e com o passar dos dias o sabor do vinho e da ameixa ficam ainda mais intensos. 


Bolo de ameixa

Igredientes:

250 grs de manteiga
2 xícaras de açúcar
5 ovos
2 1/2 xícaras de farinha de trigo
1 xícara de chocolate em pó
1 1/2 colheres (sopa) de fermento em pó
1/2 xícara de leite de cocô
1 xícara de vinho tinto seco
Doce de ameixa (ver receita do doce de ameixa) a mesma quantidade da receita *
100 grs de goiabada picada (envolver junto a farinha de trigo antes de acrescentar a massa)
100 grs de uvas passas (umedecidas com um pouco de vinho de um dia para o outro)

Na batedeira, bata a manteiga com o açúcar até obter um creme fofo. Acrescentar os ovos inteiros um a um. Em um outro recipiente peneirar a farinha de trigo, o chocolate em pó e o fermento, misture ao creme de manteiga alternando com o leite de cocô e o vinho tinto. Por último acrescentar o doce da ameixa, a goiabada e as uvas passas misturando delicadamente com a ajuda de um fouet. Coloque para assar em uma assadeira untada com manteiga e polvilhada com farinha de trigo em forno pré-aquecido por aproximadamente uns 45 minutos ou fazer o teste do palito o mesmo saia seco.

Atualização em 30/09/2008

* O doce da ameixa citado na receita, não inclui o doce de leite e o creme de leite. Seguir apenas o "primeiro passo" da receita do doce. (Ameixas, açúcar e água).

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...