26 de junho de 2012

Rod Stewart - I don't wanna talk about it


Sempre que eu ouço sempre parece ser como da primeira vez!

21 de junho de 2012

O inverno chegou e no mundo uma só côr...

  
Este é o inverno
Um frio de leve
vem pra ficar.
A brisa suave
faz a árvore balançar.
O vento sopra
assobiando.
O céu escuro 
vai ficando.
As nuvens passam
de mansinho.
A chuva chega 
devagarinho.
(Clarice Pacheco)


20 de junho de 2012

John Mayer - Daughters

Alegram a cozinha!



Alguns livros, cerâmicas, potes para  mantimentos, diversos utensílios alegram minha pequenina cozinha!

Imagem: Heidi

18 de junho de 2012

Yanni de volta ao Brasil!


Após turnê em 2010 com apresentações esgotadas, o compositor e instrumentista grego Yanni retorna ao Brasil com sua nova turnê “An evening with Yanni under the stars” que promete repetir o mesmo sucesso de 2010, que reúne as canções mais famosas das históricas apresentações no Taj Mahal (Índia), na Cidade Proibida (China) e na Acrópole (Grécia). A turnê brasileira de  Yanni é apresentada por TAM e realizada por TIME FOR FUN.

Além das apresentações já confirmadas no Teatro Positivo (Curitiba), dia 09 de outubro, e no Credicard Hall (São Paulo), dias 11, 13 e 14 de outubro, o músico acaba de confirmar que passará pelo Teatro do SESI (Porto Alegre), dia 07/10, no Chevrolet Hall (Belo Horizonte), dia 16/10, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães (Brasília), dia 18/10, e no Citibank Hall (Rio de Janeiro), dia 21/10.

Yanni nasceu no dia 14 de novembro de 1954, na cidade de Kalamata, na Grécia. Seus pais eram artistas e fãs de música clássica.  Filho de uma cantora e de um violonista, Yanni cresceu ouvindo Beethoven, Mozart, Chopin, Stravinsky e outros grandes nomes eruditos.  Estes acabaram se tornando as maiores influências de sua carreira como tecladista e compositor do gênero instrumental contemporâneo. São 35 anos de carreira, mais de 20 milhões de cópias de 18 discos vendidos no mundo, mais de 35 dias discos de platina e ouro e shows que excursionaram por mais de 20 países, com um público superior a 3 milhões de espectadores. 




Local: Credicard Hall - São Paulo
End: Av. das Nações Unidas, 17.981 - Santo Amaro 
Datas: 11, 13 e 14 de outubro de 2012 
Horários: 21h30 (11/10) | 22h (13/10) | 20h (14/10) 
Realização: TIME FOR FUN
Ponto de venda: Ticketsforfun e  Credcar Hall


Fonte:  Yanni -  Credcar Hall - TIME FOR FUN 

13 de junho de 2012

Munguzá {Canjica cremosa}


O Mungunzá, manguzá ou canjica como é mais conhecida na região sudeste, é uma das receitas de São João mais gostosas. Muito forte na culinária nordestina, em principal no Pernambuco, minha cidade natal. Anualmente é apreciado  diferentemente de outras iguarias de milho, que são mais encontradas no período junino.

O munguzá é feito com grãos de milho cozidos em um caldo açucarado, leite de coco, cravo e canela. As receitas podem variam bastante, algumas acrescentam amendoim, coco ralado etc. Particularmente acrescento creme de leite, o resultado, um toque todo especial aveludado e cremoso. Uma ótima sugestão para estes dias frios maravilhosos, ao mesmo tempo que agrada ao paladar é rápido, simples e fácil de preparar, perfeitamente confortante.

Munguzá

Ingredientes:
  • 200g Milho amarelo para canjica
  • 1 1/2  Litro de água (aproximadamente)
  • Canela em pau, a gosto
  • Cravo a gosto
  • 1 1/2 Lata de leite condensado
  • 200 ml leite de coco
  • 200g de creme de leite UHT
  • Sal a gosto


Modo de preparo:

Separe de véspera o milho e deixe de molho com um pouco de água.

Numa panela de pressão, cozinhe o milho com o 1 1/2 litro de água, a canela e o cravo por aproximadamente 30 a 45 minutos, cozinhei por uns 45 minutos gosto do milho bem macio. Deixe sair à pressão naturalmente.





Acrescentar o leite condensado, o leite de coco e o sal a gosto. Cozinhe por mais uns 30 minutos com a panela sem a tampa, mexendo de vez em quando. Caso haja necessidade acrescentar mais um pouco de leite condensado. Por ultimo acrescentar o creme de leite, e deixar ferver mais alguns minutos. Sirva quente ou frio.



10 de junho de 2012

Le Jardin Secret!



A delicadeza é a principal característica desta doceria especializada em usar essência de flores e pétalas cristalizadas vindas da França. Fundado por três amigas, o Le Jardin Secret é uma pâtisserie que desenvolve doces com flores. Experimentar as receitas da Chef Fernanda Rosset é um caminho para vivenciar uma mistura de sentidos, já que é o paladar que capta o aroma da flor. A ideia veio de uma viagem na qual passeavam pelas cidades do Sul da França. 

9 de junho de 2012

Aska - Lamen






Aska, um lugar aconchegante, simples e sensacional. Propício para esses dias frio!


8 de junho de 2012

Dan Auerbach - When the Night Comes


Bela canção...Perfeita para uma noite como hoje, tipica de inverno, frio e chuva.

6 de junho de 2012

Manhã Nublada!


Por duvidar, creio. Por amar, choro. Por sentir, lamento. Por desejar, penso. Por ser livre, digo não. Por teimosia, continuo. Por ser humano, não me condeno. Por amar a vida, dou as mãos para Deus e luto por um novo amanhã. Villy Fomin  


3 de junho de 2012

Panforte




Panforte é um doce típico da cidade de Siena na Toscana, Itália. É um doce preparado com frutas secas, como amêndoas, nozes, avelã, frutas cristalizadas, figos mel e especiarias.


É comparado com o bolo de frutas, mas com textura próxima do torrone.


1 de junho de 2012

E cai a chuva no fim do dia...


"Aos olhos nus, não passava de um chuva repentina, mas aqui dentro soava como uma tempestade." (Clarice Lispector)



Sagu ao Vinho Tinto




Para nos aquecer deste tempinho frio e chuvoso de hoje!

Ingredientes:

1 xícara de sagu 
4 xícaras de água 
3 xícaras de vinho tinto 
1 xícara de açúcar 
canela em pau (a gosto) 
cravos-da-índia (a gosto)

Modo de Preparo:

Ferva a água numa panela, em seguida, coloque o sagu e cozinhe em fogo baixo por cerca de 30 a 45 minutos misturando delicadamente. Em outra panela junte o cravo, a canela e o vinho, deixe ferver por uns 10 minutos. Em seguida acrescente esta mistura com o sagu, cozinhar até que as bolinhas do sagu estejam completamente transparentes. Caso haja necessidade, acrescente água fervente aos poucos. Assim que o sagu estiver cozido, acrescente o açúcar. Ferver por mais alguns minutos. Deixar esfriar e gelar se necessário.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...